A FAPSI instrui suas ações de desenvolvimento organizacional e formativo com base em Políticas de Compliance, Integridade e Transparência Institucional, amparadas em manuais e códigos de Compliance, Gestão de Riscos Corporativos e Código de Ética e Conduta.

A FAPSI surgiu da iniciativa de Educadores inspirados e comprometidos com princípios éticos do bem, da justiça social, da democracia política e da integridade institucional.

Com o objetivo de valorizar e disseminar seus valores e compromissos, a FAPSI mantém um PROGRAMA DE COMPLIANCE, TRANSPARÊNCIA E INTEGRIDADE INSTITUCIONAL, amparado em manuais internos e Códigos de Conduta Profissionais, com o intuito de fortalecer a relação de confiança, de relacionamento e de reconhecimento dos nossos trabalhos, dedicados às nossas clientelas, em prol da melhor educação e da contínua e progressiva humanização do ser humano.

A atuação da FAPSI obedecerá rigorosamente as leis vigentes do país e suas normas e processos internos, atribuindo respeito à legalidade institucional e ações críticas contra iniciativas que possam desrespeitar os direitos humanos, o respeito à diversidade étnico-racional e de gênero, a preservação ambiental e do patrimônio histórico, natural e artístico-cultural, e as políticas de inclusão social.

A atuação da FAPSI, no âmbito de seu Programa de Compliance, Transparência e Integridade  Institucional é revisto e atualizado periodicamente, para atendimento da dinâmica social e histórica brasileira, tendo como principais referências:

I-) Obedecer as leis do país, especialmente aquelas voltadas a educação e ao ensino superior;

II-) Respeitar as normas e políticas internas que balizam os códigos e manuais de conduta da FAPSI;

III-) Colaborar com todas as equipes internas e externas para a melhor resolução e mediação diante de conflitos e circunstâncias imprevistas;

IV-) Denunciar qualquer ato que atentar contra a Lei 12.846/2013, que trata de atos de corrupção, terrorismo e demais quebras de códigos de conduta ética no relacionamento com o setor público, tomando-o como referência para suas ações com o setor privado e o terceiro setor;

V-) Fazer prevalecer e defender, de forma ética e digna, os interesses e diretrizes da FAPSI em casos de potenciais conflitos de interesses que venham a se estabelecer;

VI-) Não tolerar qualquer ato de discriminação e autoritarismo;

VII-) Contribuir decisivamente para o permanente processo de reconhecimento do ser humano como um ser incompleto que necessita se humanizar cotidianamente, tornando-se civilizado a cada dia.

VIII-) Assumir com franqueza os eventuais erros cometidos e repará-los na forma de consenso entre as partes envolvidas;

IX-) Combater a desigualdade social, no conjunto de suas múltiplas dimensões, na esfera de sua atuação e organização de atividades;

X-) Manter efetivo serviço de Ouvidoria e Portal da Transparência de seus atos e atividades;

XI-) Disseminar a prática sistemática da avaliação institucional como compromisso de sensibilização de responsabilidade social de sua equipe de profissionais e clientelas;

XII-) Estabelecer parcerias de compartilhamento de operações com base na metodologia da relação “ganha-ganha”, procurando assegurar o atendimento de ambas as partes;

XIII-) Apoiar as esferas e níveis de governo em suas propostas de Políticas Públicas que fortaleçam o combate à pobreza e à desigualdade social, a injustiça, a corrupção, os privilégios de classes e o desenvolvimento da educação em suas múltiplas dimensões e categorias.

Os Manuais e Políticas de Compliance e o Código de Conduta Ética da FAPSI encontram-se me processos de elaboração, incluindo toda sua equipe de profissionais, para assertivas e compromissos de respeito, cumprimento e execução dos mesmos.

× Como podemos ajudá-lo?